Sempre é tempo de começar e recomeçar

Entenda de uma vez por todas que não importa a dificuldade pela qual você está passando ou tenha passado: sempre é tempo de começar e recomeçar

A vida é, literalmente, feita de fases. Se tratássemos tudo como uma encenação, o primeiro ato seria a infância e a descoberta de um mundo que existe para além de nossos lares e família. Em seguida, os arroubos da juventude e uma vontade imensa de ganhar o mundo, fase essa que precede o envelhecimento.

E é aí que se inicia um dos maiores dilemas da existência humana: saber envelhecer. Você considera ter se preparado para isso?

Não é fácil lidar com a ideia de que se está mais próximo do fim do que do início. Por vezes, temos que lidar com a ausência dos filhos que já constituíram suas próprias famílias, com a perda de um companheiro ou companheira de toda uma vida e com as marcas do tempo em nossos corpos que já não apresentam o vigor de antes.

Para que você se sinta mais amparado nessa caminhada, confira o post de hoje com uma breve discussão em que vamos demonstrar que sempre é tempo de começar e recomeçar. Confira!

A vida começa aos 40, aos 50, quando você quiser…

Quem nunca ouviu aquela máxima de que a vida começa aos 40? Com o aumento da expectativa de vida da população, muita gente já tem adaptado a frase para: a vida começa aos 50.

Sem entrar numa discussão infundada sobre quando deve começar ou terminar a vida, devemos destacar que mesmo depois de meio século é possível começar e recomeçar uma nova história. A idade avançada deve ser só mais um elemento capaz de impulsionar seus projetos. Afinal, a experiência de tantos anos vividos deve ser utilizada a seu favor.

Atualmente, o que não faltam são exemplos de pessoas da melhor idade que vem vencendo o paradigma de que depois de certa idade não convém se arriscar em novos relacionamentos, ocupações, viagens. Enfim, vivemos em um tempo em que há uma ressignificação sobre o que é ser idoso.

Saiba viver o lado bom de cada fase

Uma das piores coisas que podemos fazer é viver fora do presente. Esse é caminho mais curto para a infelicidade. Isso porque, ao invés de empregar nosso tempo e disposição para fazer da fase da vida em que vivemos uma experiência agradável, edificante, divertida e saudável, gasta-se energia rememorando outros tempos e pensando como as coisas poderiam ser diferentes hoje, caso outras decisões tivessem sido tomadas no passado.

Para não cometer esse engano terrível, busque elementos que dão significado a sua vida hoje. Procure construir laços de afeto e amizade com pessoas que podem lhe fazer bem hoje. Esqueça eventos passados e invista em projetos que garantam realização de hoje em diante. Em resumo, esteja pronto para viver o agora.

Tags: aposentadoria qualidade de vida saúde

Veja mais